fbpx

Inovação

Imobiliárias incluem novos inquilinos no mercado com a Alpop

Imobi Report
Escrito por Imobi Report em 14 de outubro de 2021
5 min de leitura
Imobiliárias incluem novos inquilinos no mercado com a Alpop
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Dar acesso a moradia de qualidade e abrir novas oportunidades de negócios para imobiliárias: esses são os dois principais objetivos da Alpop, fintech de garantia locatícia e impacto social. Através de um algoritmo próprio, a Alpop consegue aprovar cadastros para locação de imóveis mesmo em casos de pessoas negativadas. Assim, um grupo maior de brasileiros têm acesso a aluguéis seguros e de qualidade, enquanto, por outro lado, imobiliárias podem explorar um novo nicho de mercado que, até então, não era olhado com atenção.

Caio Belazzi

“Ao levantar dados, vimos que a maior fatia de mercado de locação são os imóveis populares. Dados do IBGE apontam que existem 13 milhões de domicílios para alugar, sendo que os imóveis de mensalidade até R$ 2.500,00 (faixa que atendemos), equivalem a quase 10 milhões – a ampla maioria. Paralelamente, o Brasil tem um alto número de negativados, pois são 63 milhões de pessoas com o nome ‘sujo’. Isso fora o mercado de trabalhadores informais, que é da ordem de 40 milhões de pessoas. Ou seja, estamos falando de milhões de pessoas com dificuldade tremenda de alugar, pessoas que não vão passar nas análises tradicionais, e se passam, a taxa é absurdamente alta. Foi observando esse cenário que desenvolvemos uma solução para a garantia locatícia”, conta Caio Belazzi, CEO da Alpop.

Hoje, são mais de 30 cidades e 9 estados brasileiros atendidas pela Alpop. Entre inquilinos e proprietários, já são mais de 2 mil pessoas impactadas pela fintech e esse número só deve aumentar.

“O que nos fez fechar a parceria com a Alpop foi, com certeza, a proposta de inclusão de novos clientes no processo formal da locação. Recentemente, sentimos um grande aumento no público apto a locar um imóvel, com a vinda das garantias pagas mais baratas, mas ainda assim os negativados ficavam de fora dessa modalidade. A proposta da Alpop, de incluir negativados na locação formal, aumenta nossa possibilidade de atuação e tem um lado social que nos agrada muito”, conta Marina Giacon, gerente de Planejamento e Processos da Roque Imóveis, de Limeira (SP).

O modelo de negócio também é essencial para imobiliárias que garantem o valor do aluguel para os proprietários, como é o caso da Cardinali, tradicional imobiliária de São Carlos (SP). “De alguns anos para cá, estamos buscando reduzir o nosso índice de clientes com fiador e, por consequência, melhorar nossos contratos de locação. Nós trabalhamos com 100% dos aluguéis garantidos ao proprietário, o que faz do fiador uma garantia locatícia com mais riscos para o caixa da imobiliária. Como nossa garantia é estendida até a entrega das chaves, se tivermos um processo de despejo de 8 meses, vamos garantir o aluguel por todo esse tempo. Quando tenho uma empresa parceira, esse ônus é dividido entre as empresas. Hoje, 40% dos nossos contratos já são fechados com outras modalidades de garantia locatícia que não sejam fiador”, explica Pedro Moraes, gestor comercial de locação da imobiliária.

O gestor ainda comenta sobre a segurança no algoritmo da Alpop. “Aprovar um inquilino com a Alpop é muito rápido e prático. É um algoritmo complexo, mas eles aprovando para mim, eu confio plenamente. A Alpop é, hoje, nossa primeira opção para os clientes. Cerca de 80% dos cadastros são aprovados, uma porcentagem bem alta”, completa Pedro.

Alpop é vantajosa para inquilinos e proprietários.

A aderência dos futuros inquilinos à modalidade de garantia locatícia paga está surpreendendo Elaine Conde, coordenadora de locação da imobiliária J. Losso, de Guarapuava (PR). “Somos uma imobiliária de 19 anos, em uma cidade média do interior do Paraná, onde os clientes têm tradição de trabalhar com o fiador. Por isso, no começo, tínhamos um pouco de receio sobre como seria a aceitação das pessoas, por ter um custo a mais na mensalidade. Mas a Alpop vem com o grande diferencial da facilidade: passamos o CPF da pessoa em questão e em minutos, eles já passam a aprovação e qual a taxa”, conta Elaine.

Com a facilidade na contratação, o time da J. Losso passou a negociar descontos com os proprietários para facilitar para os inquilinos. “Hoje, a partir do momento que a Alpop aprova a taxa, nosso time busca o desconto proporcional do aluguel com o proprietário, já que vale a pena para ele – o aluguel desse proprietário é garantido. Ou seja, compensa diminuir um pouco a mensalidade do aluguel, mas ter a receita garantida e o imóvel locado mais rápido. Se a vistoria do imóvel estiver ok, conseguimos visitar, emitir o contrato e assinar até no mesmo dia”, conta a coordenadora.

“No primeiro mês a quantidade de cadastros que aprovamos via Alpop já nos surpreendeu. Agora, estamos numa média de 20% dos nossos contratos aprovados via Alpop. O proprietário fica feliz por ter o contrato garantido, o inquilino fica tranquilo com a aprovação rápida e nós ficamos muito satisfeitos”, detalha Elaine.

Preocupação com inovação

Outro fator importante é o comportamento do consumidor, que busca funcionalidades mais rápidas. “Sabemos que todas as relações de consumo no mundo têm se modificado. Os usuários do nosso serviço não são diferentes. Os inquilinos esperam processos mais simples, ágeis e desburocratizados. Sentimos que esses novos parceiros ajudam a imobiliária a se transformar e ser mais descomplicada, mais inclusiva e acessível mesmo. A Roque tem como lema ser uma imobiliária de 37 anos de experiência, mas que está sempre pensando na frente. A parceria com a Alpop certamente é pensar na frente”, afirma Marina.

A busca por inovação e crescimento também foi uma das razões para a Conecta Imobiliária, de Porto Alegre, contratar a Alpop. “Conhecemos a Alpop pois temos um foco grande em inovação. Tudo que conseguimos agregar ao nosso negócio que seja novo, melhores práticas a nível nacional, aplicamos para crescer com mais ferramentas e tecnologia. Queremos crescer de forma organizada e, sobretudo, com segurança. Com a Alpop, começamos a trabalhar com imóveis que, antes, não olhávamos, pois têm ticket médio mais baixo. Fora que conseguimos atender de forma satisfatória pessoas que, até então, estavam excluídas do mercado, sem perder a segurança para o proprietário”, conta Luciano Castilho, fundador da Conecta Imobiliária.

Luciano ainda reforça o impacto social do negócio. “Pessoas negativadas, seja pelo motivo que for, precisam morar, ter dignidade na moradia, segurança. Por isso, o sistema primitivo de fiador com dois imóveis está caindo em desuso. Ferramentas como a Alpop vieram pra ficar e esse é o futuro, sem sombra de dúvidas”, conclui.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x