fbpx

Imobiliárias

Com R$ 1,7 bilhão em vendas, RE/MAX Brasil tem o melhor trimestre de sua história

Imobi Report
Escrito por Imobi Report em 16 de novembro de 2021
3 min de leitura
Com R$ 1,7 bilhão em vendas, RE/MAX Brasil tem o melhor trimestre de sua história
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Mais um balanço. Mais um recorde. Os resultados obtidos pela RE/MAX Brasil no terceiro trimestre de 2021 foram os melhores de sua história: R$ 1,72 bilhão em Valor Geral de Vendas – aumento de 60% em relação ao mesmo período do ano passado. Nesse intervalo, a empresa também superou a marca de 500 unidades em operação e foi eleita a melhor franquia do Brasil pela Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios 2021/2022.

A título de comparação, o faturamento só no terceiro trimestre foi praticamente o triplo do VGV de todo o ano de 2017. A força de vendas, em quatro anos, avançou 600%, para 7906 corretores empreendedores; já o número de unidades, mais que quadruplicou. Diante disso, a Associação Brasileira de Franchising apontou a companhia como uma das cinco redes que mais crescem no País e a única do setor imobiliário entre as 50 maiores.

“Não são pontos fora da curva. O que nos deixa mais confiantes é que esses números, de faturamento ou de expansão da rede, além de explosivos, são absolutamente consistentes”, afirma Peixoto Accyoli, que é presidente e CEO da RE/MAX Brasil desde 2016. “O mercado imobiliário vive um bom momento, sem dúvida. Mas, mesmo assim, os índices do setor não se comparam às nossas taxas de crescimento”.

Como explicar tal performance? A presença global da RE/MAX – são mais de 8 mil agências espalhadas pelos seis continentes -, bem como a força de sua marca e a eficiência de seus processos, já eram bem conhecidos quando a empresa chegou ao Brasil, em 2009. Alguns detalhes, porém, precisavam ser implementados para que a operação local decolasse e se equiparasse às das melhores regiões, como Portugal, Canadá e Estados Unidos.

“Acredito que o empreendedorismo dos corretores e a cultura empresarial focada nas pessoas fizeram – e ainda fazem – toda a diferença”, pontua Accyoli. “Ademais, nos últimos anos, temos feito substantivos investimentos em tecnologia, o que engloba desde aplicativos de videoconferência e de assinatura de documentos, que facilitam a vida dos clientes, a softwares de marketing e gestão, que impulsionam o desempenho dos corretores. Isso nos permitiu crescer mesmo durante a pandemia, com os escritórios temporariamente fechados”.

Com efeito, os resultados chegaram e, inclusive, chamaram a atenção da sede global da companhia que, uma vez por ano, elege as localidades que mais se destacaram no mundo. Em 2021, pela primeira vez, o Brasil ficou em primeiro entre os mais de 120 países nos quais a companhia atua. Também liderou em crescimento de unidades em operação, um feito inédito.

Próximos passos

Pela perspectiva da RE/MAX, a nova onda do varejo, o omnichannel, isso é, o uso simultâneo e interligado de diferentes canais de comunicação, chegou com força também no mercado imobiliário, e, com a pandemia, antes mesmo do que se imaginava. Dessa forma, ao mesmo tempo em que segue apostando na contínua capacitação dos associados, com cursos, workshops e palestras, a empresa tem se voltado cada vez mais ao mundo online.

Entre as ações já implementadas ou em andamento, destaque para a inauguração de um novo site, a adoção de novos softwares, a consolidação de parcerias estratégicas e o lançamento de recursos de inteligência artificial. A meta é colocar o portal da RE/MAX entre os três maiores sites imobiliários do Brasil até 2023 e ser a primeira empresa listada pelo Google, em todo o território nacional, em buscas relacionadas a venda e compra de imóveis.
“Queremos que cada vez mais pessoas conheçam o nosso modo de fazer as coisas e entendam por que, há quatro anos, crescemos acima do mercado”, diz Accyoli. “Nosso objetivo é muito claro: ser a imobiliária preferida de todos os brasileiros, de todos os sotaques, no online e no offline”.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x