fbpx

Construtoras

CapRate aponta que 96,8% dos investidores em imóveis buscam mais de 16% de retorno, aponta levantamento

Imobi Report
Escrito por Imobi Report em 16 de setembro de 2021
3 min de leitura
CapRate aponta que 96,8% dos investidores em imóveis buscam mais de 16% de retorno, aponta levantamento
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Um inédito levantamento realizado pela CapRate, plataforma peer-to-peer (P2P) lending do ramo imobiliário e a primeira do segmento a atuar como Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP) autorizada e regulamentada pelo Banco Central (BC) no país, apontou que 96,8% dos investidores de renda fixa em imóveis buscam oportunidades com rentabilidade superior a 16%.

O mesmo levantamento da plataforma indica que 36,1% dos entrevistados, com essa expectativa de retorno, estariam dispostos a aplicar valores a partir de R$15 mil. Outros 11,5% disseram que poderiam aportar de R$10 a R$14,9 mil. Já 32,8% responderam que estariam propensos a investir de R$5 mil a R$9,9 mil e 16,4% afirmaram que poderiam investir de R$1 a R$4,9 mil de seu capital.

CapRate

Para o cofundador da CapRate, Paulo Deitos, o estudo reforça a tese de que os investidores do mercado P2P Lending imobiliário estão em busca de oportunidades com rentabilidade alta. 

“O investidor que busca oportunidades na renda fixa do setor imobiliário quer projetos vantajosos e segurança. Quando eles se deparam com essas possibilidades, aumenta-se também o ticket médio investido por pessoa. Isto é bom para o investidor, que terá um retorno ainda maior. Outros que se beneficiam são as incorporadoras  que buscam esse crédito privado, sem precisar recorrer a bancos”, explica Deitos.

Dados do estudo

Com mais de 4 mil pessoas em sua base de dados, a CapRate também considerou outros três cenários de investimentos para o desenvolvimento da pesquisa.  

Conforme a plataforma, em projetos imobiliários com rentabilidade entre 10 e 11,9%, 65,6% dos entrevistados disseram que não investiriam seus recursos. Outros 21,3% afirmaram que aportariam de R$1 a R$4,9 mil, 8,2% destinariam de R$5 a R$9,9 mil, enquanto que 4,9% colocariam a partir de R$10 mil.

Em um cenário em que os projetos no ramo apresentam de 12% a 13,9% de rentabilidade, 37,7% dos entrevistados disseram que também não investiriam se o valor pré-fixado de retorno fosse esse. Outros 36,1% afirmaram que aportariam de R$1 a R$4,9 mil, 16,4% destinariam de R$5 a R$9,9 mil, enquanto que 8,2% colocariam de R$10 a R$14,9 mil. Apenas 1,6% dos entrevistados responderam que fariam investimentos a partir de R$15 mil. 

Já os projetos com rentabilidade de 14% a 15,99%, houve o registro de que 77% dos entrevistados realizariam algum tipo de investimento, contra 23% que afirmaram que não investiram. Neste cenário, 32,8% responderam que aplicariam de R$1 a R$4,9 mil, 21,3% de R$10 a R$14,9 mil, 16,4% de R$5 a R$9,9 mil e 6,5% do entrevistados afirmaram que realizariam investimentos a partir de R$15 mil.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x