fbpx

Opinião

As oportunidades da volta aos escritórios

Imobi Report
Escrito por Imobi Report em 4 de novembro de 2021
2 min de leitura
As oportunidades da volta aos escritórios
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Por Rafael D’Arriaga, diretor da CFL Locações

O avanço da vacinação tem acelerado a volta aos escritórios. Mas já é consenso entre as empresas que o local de trabalho de 2021 não será o mesmo que deixamos em março de 2020. Os protocolos e gestões são adaptáveis, mas há, no geral, alguns pontos em comum para o retorno. Um deles são os espaços. Se antes era possível trabalhar em ambientes fechados, hoje a prioridade são locais arejados onde seja possível algum tipo de distanciamento. Além disso, apesar do alto desemprego registrado, diversas empresas aumentaram seu quadro de funcionários nesses meses de home office.

É o caso da Delivery Much, aplicativo de delivery com foco no interior do país. Nossa cliente contava com 87 funcionários no início de 2020 em um espaço de 400 m². Impulsionada pelo crescimento do delivery durante a pandemia, a empresa dobrou de tamanho e hoje são mais de 300 colaboradores que logo estarão no Square Corporate 401, empreendimento da CFL Locações em Florianópolis, em um espaço de 1,8 mil m², que conta com espaço verde, restaurantes e conveniências. Assim como eles, outras empresas viram seus quadros crescerem e agora buscam locais que não só acomode sua equipe como também ofereça conforto e comodidades que atraiam para o local de trabalho. De acordo com o levantamento do GeekHunter, especializada em recrutar profissionais de TI, o mercado de tecnologia teve aumento de 310% de vagas em 2020. 

A experiência, palavra já tão usada em diversos setores, também veio para o ambiente corporativo. Afinal, para atrair o funcionário de volta às mesas de reuniões, seja num modelo presencial ou híbrido, as empresas precisarão oferecer benefícios que justifiquem esse deslocamento. Empreendimentos que ofereçam áreas de descompressão, ambientes colaborativos que propiciem a criatividade e o retorno de um cenário que preza ainda mais pela qualidade de vida estão na frente para atrair empresas preocupadas com a qualidade de vida dos colaboradores.

O escritório de 2021 e do futuro não será obrigatório. Será, sim, um local de troca, de compartilhamento e networking. Por isso, assim como nos empreendimentos residenciais, na CFL buscamos agregar conveniências como  restaurantes, academias, farmácias, decoração, cafeterias, entre outros serviços. Aliado a isso, desde o início da pandemia buscamos entender o momento dos nossos clientes. Junto ao nosso atendimento personalizado, não perdemos nenhum contrato e conseguimos aumentar em 5 mil m² nossa área locada, que atualmente é 40 mil m² no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

É claro que o momento ainda é de adaptação, principalmente no mercado imobiliário de locações, que foi fortemente impactado. Mas para quem estiver atento às novas demandas, há espaço para inovações e crescimento.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x