fbpx

Opinião

5 dicas do que não pode faltar no seu planejamento de campanha no Google Ads

Aline Pavezi
Escrito por Aline Pavezi em 29 de dezembro de 2020
4 min de leitura
5 dicas do que não pode faltar no seu planejamento de campanha no Google Ads
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Faz parte da rotina das pessoas buscar por qualquer coisa no Google. Seja para tirar dúvidas, pesquisar receitas e até mesmo procurar um imóvel para comprar ou alugar. Inclusive, de acordo com dados do Google Trends, a busca por imóveis no Google aumentou 85% nos últimos 5 anos

Isso reforça a importância de imobiliárias e incorporadoras terem um site com um bom posicionamento nos resultados. Para isso, uma boa possibilidade de investimento é o Google Ads. O principal atrativo para o mercado imobiliário é a veiculação de campanhas na rede de pesquisa, que utiliza palavras-chave para exibir anúncios e estimular que a pessoa que está procurando por imóveis, no Google,  acesse o site e entre em contato para fechar negócio. 

Porém, antes de definir qualquer investimento, é necessário criar uma estratégia para que os anúncios sejam realmente assertivos em resultados. Confira cinco dicas para fazer um planejamento de ativação de campanhas em Google Ads:

1- Defina qual é o objetivo

Antes de mais nada, é preciso escolher qual é o objetivo ao veicular campanhas em Google Ads. Esse objetivo pode ser posicionar o site para quem busca por imobiliária, por termos relacionados à venda e locação ou ainda para apenas uma dessas frentes de negócios. Também é possível criar uma estratégia para posicionamento em bairros específicos ou nomes de condomínios, por exemplo. Isso precisa ser definido com antecedência para nortear os próximos passos do planejamento.

2- Faça uma pesquisa completa de palavras-chave

Definido o objetivo, é necessário pesquisar os termos relevantes utilizados pelos usuários ao buscar no Google. Para ajudar nessa tarefa, existem algumas ferramentas de pesquisa de palavras-chave: SEMRush, Ubersuggest e Planejador de Palavras-chave do Google

Essas ferramentas vão ajudar a avaliar o volume de buscas dos termos que são relevantes para o seu posicionamento e também vão trazer novas ideias de palavras-chave semelhantes. 

Aqui, vale a dica de não focar apenas nos termos aos quais você quer ser associado, mas também aos que o seu site não deve aparecer. Nesse caso, a lógica é inversa: enquanto na primeira ação você escolhe termos correlatos ao que você quer associar a sua marca, aqui você deve buscar palavras negativas ao seu propósito ou termos que podem confundir a lógica no algoritmo do Google. Por exemplo: “comprar cobertura”. Os anúncios da imobiliária podem aparecer para quem busca por “cobertura de chocolate”. Nesse caso, é necessário colocar a palavra-chave “chocolate” entre os termos negativos da campanha, para que quem busque por “comprar cobertura de chocolate” não veja um anúncio de um imóvel. 

3- Use a segmentação de local

É essencial para sua campanha, e também seu bolso, que você faça segmentação por geolocalização. Selecione a cidade ou bairro de atuação da sua imobiliária para que os anúncios sejam exibidos apenas por buscas nessas regiões. Não adianta mostrar anúncios em cidades aleatórias, que não têm relação com a atuação da imobiliária ou incorporadora. Isso só vai consumir o orçamento e não vai ajudar a vender ou alugar os imóveis. 

4- Crie anúncios de texto atrativos

O conteúdo dos anúncios pode fazer com que um usuário clique no link de um site em detrimento de outro. Isso porque o texto deve ser chamativo e trazer argumentos comerciais que correspondam à dor de quem está buscando por imóveis. Por exemplo: “Alugue e pegue as chaves em até 24 horas” ou então “Parcelas menores do que o aluguel para você conquistar a casa própria”. Use o espaço de texto do anúncio para convencer o interessado de que você pode suprir a necessidade dele. 

5- Garanta uma boa experiência ao usuário no site

Por último e, na verdade, mais importante: defina com atenção qual será a página de destino a qualo usuário será direcionado ao clicar no anúncio. Essa página precisa responder exatamente à busca do usuário, como por exemplo: em uma busca por apartamento para alugar, ao clicar no anúncio o usuário deverá ser direcionado para a página do site que tem todos os apartamentos disponíveis para alugar na imobiliária. 

Além disso, o site deve garantir uma boa experiência, ao carregar rapidamente e ter pontos de contato facilitados. Não adianta investir em campanhas de Google Ads se o site não estiver estruturado para receber os visitantes.

Para não correr o risco de falhar nesse planejamento, confira também os 4 erros mais comuns cometidos em Google Ads. 

Aline Pavezi

Coordenadora de mídia, conteúdo e Inbound da CUPOLA

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

0 0 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Parceiros

CredPago
Captei
Refera
Rocket Imob
RuaDois
Sigafy
Universal Software
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x