fbpx

Imobi Explica

Scrum? Sprint? Squad? Entenda os principais conceitos da Metodologia Ágil

Carlos Simon
Escrito por Carlos Simon em 25 de novembro de 2020
5 min de leitura
Scrum? Sprint? Squad? Entenda os principais conceitos da Metodologia Ágil
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

    As transformações do mercado imobiliário na última década, com o uso crescente de novas tecnologias, trouxe a reboque um tsunami de novos métodos e conceitos que também estão redefinindo as formas de gestão do setor. Entre essas novas práticas, uma das mais difundidas é a Metodologia Ágil, nascida do universo dos softwares, que tem ganhado adeptos com rapidez entre imobiliárias, incorporadoras e profissionais ligados ao segmento.

    A Metodologia Ágil, cujo representante mais conhecido é o Scrum, muitas vezes se confunde com o simples ato de entregar um projeto ou serviço mais rapidamente. O conceito, porém, fala mais sobre eficiência do que sobre prazos (embora a economia de tempo seja uma das consequências imediatas): o objetivo na verdade é otimizar a entrega de valor, com avanços contínuos e parciais, sempre em linha com as metas finais do cliente.

    No método mais tradicional (“waterfall”, ou cascata), um projeto de software, por exemplo, é planejado por inteiro, criado e depois apresentado já pronto ao cliente. Muitas vezes, porém, o produto não agrega o valor esperado, ou o cliente simplesmente não se adapta a ele, o que reverte em grandes alterações e até no reinício do projeto, causando desperdício de tempo e dinheiro.

    Na Metodologia Ágil, o objetivo é manter o cliente próximo desde o início e fazê-lo participar do projeto durante as entregas iniciais, que podem ser parciais e esporádicas – os feedbacks dele é que vão orientando o andamento dos trabalhos. Internamente, as equipes são organizadas em times menores compostos por profissionais de diferentes departamentos, treinados para se adaptarem rapidamente a mudanças no percurso do trabalho.

    Para os profissionais do mercado imobiliário que pretendam mergulhar nesse rico universo, o Imobi preparou um minidicionário com os principais conceitos que embasam a Metodologia Ágil. Confira:

    1. Metodologia Ágil

    Também conhecida como Método Ágil ou Agile, é uma dinâmica criada por desenvolvedores de softwares a partir de um documento chamado “Manifesto Ágil”, publicado em 2001, como forma de desburocratizar e otimizar os processos produtivos. Caracteriza-se por priorizar o trabalho em equipe, as entregas em vez da documentação, a colaboração próxima com o cliente no lugar da negociação de acordos e as respostas rápidas às mudanças em vez da aderência inflexível ao planejamento inicial.

    2. Scrum

    O Scrum é a mais popular entre as metodologias ágeis. Tem como principais características a divisão dos projetos em pequenos ciclos de atividades com prazos de execução previamente definidos, mas flexíveis (as sprints), e cujas tarefas são realizadas por equipe multidisciplinares (os squads).

    3. Sprint

    Sprint é cada etapa de um projeto baseado no método Scrum, determinada num espaço específico de tempo. Ela é executada por grupos previamente organizados (squads), que terão foco em entregar esta tarefa, preferencialmente sem que outras entrem na lista após o início. Tem habitualmente duração de 1 a 4 semanas. Após sua conclusão, um novo sprint se inicia.

    4. Squads

    Squad (ou “time”) é um modelo organizacional que divide os profissionais em grupos multidisciplinares restritos e com objetivos específicos. Difere do modelo habitual de divisão por departamentos, onde cada membro da equipe tem a mesma formação e conhecimentos semelhantes. As cartilhas do Scrum recomendam que as squads tenham entre 5 e 9 membros.

    5. Product Owner 

    O “Dono do Produto” tem a função de gerenciar o projeto para que os objetivos e prazos sejam transparentes e claros para todos. Ele assegura que a squad compreenda o conjunto de funcionalidades e tarefas a serem desenvolvidas – inclusive eventuais mudanças que ocorram conforme avança o trabalho.

    6. Scrum Master

    Age como um facilitador, capaz de identificar e remover entraves levantados pela squad nas reuniões diárias. O papel pode exercido por qualquer pessoa da equipe com habilidades de gestão e facilidade de relacionamento, sem que haja necessariamente superioridade hierárquica. 

    7. OKRs

    Sigla para Objectives and Key Results (Objetivos e Resultados-Chave), as OKRs são um método de estruturar os objetivos a serem atingidos por uma equipe, um produto ou mesmo pessoas em horizontes de tempo mais curtos (normalmente, de 1 a 6 meses). Devem ser embasadas em resultados mensuráveis, que ao fim do percurso indicarão se as metas foram atingidas ou não. 

    8. Framework

    São modelos usados para criação gerenciamento prático de projetos. Podem ser representados por softwares ou quadros de trabalho que ajudam o time a visualizar os processos. Muitos autores consideram o próprio Scrum uma modalidade de framework.

    Hey,

    o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

    5 1 vote
    Avaliação do artigo
    Subscribe
    Notify of
    guest
    1 Comentário
    Oldest
    Newest Most Voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    trackback
    Metodologias Ágeis: implantação por etapas é o segredo para PMEs | Imobi Report
    25 de novembro de 2020 17:29

    […] Imobi Explica […]

    Parceiros

    1
    0
    Would love your thoughts, please comment.x
    ()
    x