Empreender é um processo contínuo de adaptação e aprendizado
DestaquesImobi ReportImobiliárias

Empreender é um processo contínuo de adaptação e aprendizado, diz diretor da Emobi

O mercado imobiliário apresenta desafios significativos para aqueles que decidem empreender. Iniciar uma imobiliária exige mais do que apenas conhecimento técnico e experiência em campo. Requer um plano de negócios bem estruturado que contemple todos os aspectos da operação, desde a análise de mercado até a gestão financeira e de recursos humanos. 

Segundo estudo realizado pelo Sebrae, a partir de bases de dados da Receita Federal e de pesquisas de campo, 26,6% dos negócios enquadrados na categoria de serviços fecham as portas em 5 anos. Além disso, 17% dos empreendedores admitiram não ter realizado nenhum planejamento antes de abrir seus negócios, enquanto 59% planejaram apenas para um curto prazo de até seis meses. Os dados evidenciam a importância do desenvolvimento de um planejamento.

Um dos erros mais comuns entre os novos empreendedores no setor imobiliário é justamente empreender sem um plano de negócios sólido. O diretor da Emobi Imobiliária, de Natal (RN), Valdomiro Junior, observa que é bastante comum que as imobiliárias sejam fundadas por corretores insatisfeitos com suas organizações. “Eles saem, abrem o escritório e começam a jornada de venda”, conta o executivo. Junior decidiu adotar uma estratégia diferente, desenvolvendo um plano de negócios detalhado. Esse projeto incluía análise SWOT e estratégias diferenciadas, criando uma base sólida para a Emobi.

Os primeiros desafios

Entretanto, um bom plano de negócios, por si só, não garante o sucesso imediato. Os primeiros seis meses de operação da Emobi foram desafiadores. “Mesmo com 10 anos de experiência no mercado, em construtoras, aprendi novamente o que era o segmento imobiliário ao abrir a imobiliária”, relembra Junior. Ele enfrentou dificuldades inesperadas ao lidar com imóveis de terceiros e a complexidade da documentação imobiliária.

Após seis meses, ele percebeu que a estrutura inicial da Emobi era insustentável, que não teria caixa para sustentar um ano de operação. “Se continuasse com aquele custo alto, não aguentaria. Cheguei para a equipe e fui franco: ‘Errei na minha estratégia, no plano de negócios, na projeção de payback.’ No papel, era lindo e maravilhoso. Na prática, não era romântico”, relata. 

Junior destaca que a flexibilidade e a capacidade de adaptação são fundamentais para qualquer empreendedor. “Recalcular a rota foi fundamental. Reduzimos custos, ajustamos a estratégia e focamos em criar uma base sólida. O aprendizado foi valioso. Empreender não é fácil, é um processo contínuo de aprendizado e adaptação”, salienta.

Valdomiro Junior participou do podcast Modo Avião, promovido pelo Imobi Report e pela CUPOLA. Ele compartilhou esse aprendizado no episódio “Como a Emobi zerou o turnover de corretores”. Ouça o episódio completo pelo Spotify ou pelo Youtube. 

Junior também será um dos mentores da imersão Gestão de Vendas Imobiliárias, que será realizada em Curitiba, entre os dias 28 e 30 de agosto. No evento, ele vai transmitir toda a sua expertise em mentorias exclusivas com os participantes. Clique aqui para saber mais sobre o treinamento.