6 dicas para evitar o golpe do boleto falso de aluguel

1. Envie cartilhas ou material informativo por e-mail mostrando aos usuários as diferenças entre o boleto original e o que foi usado por fraudadores.

2. Se a imobiliária permite a impressão de boletos em seu site, disponibilize um mecanismo de validação por meio de certificado digital.

3. Recomende ao cliente que mantenha o antivírus sempre atualizado (e faça o mesmo na empresa).

4. Se clientes relatarem fraudes no pagamento de boletos, encomende auditoria periódica nos equipamentos da empresa para certificar que a fragilidade não é interna.

5. Avalie a viabilidade de aplicar camadas extras de proteção no email em que o boleto está contido, como certificados digitais e criptografia.

6. Crie equipes de compliance e de segurança da informação para orientar a escolha de equipamentos, softwares e antivírus mais seguros.

Seis maneiras de evitar o golpe do boleto falso de aluguel